(11) 3673-9806 • (11) 3864-8237

A hiperidrose, conhecida como doença do suor excessivo, acontece quando o suor se concentra apenas em uma área e ocorre independentemente do calor.

Tratamento:

Os tratamentos variam de acordo com a intensidade da doença. Para todos os casos, a indicação é usar meias e roupas de algodão. Elas permitem que a pele “respire”.

Dermatologicamente, o procedimento consiste em usar toxina botulínica para o controle do suor excessivo nas axilas, um problema que, conforme estimativas, atinge cerca de 1% da população, causando grandes incômodos e constrangimentos para esses pacientes.

A aplicação da toxina é feita sobre as áreas onde há maior concentração de suor. Depois, um anestésico é aplicado na região. Ela é mais indicada para quem tem suor excessivo na axila ou na região frontal, como a testa ou o couro cabeludo, do que em regiões de uso contínuo, como mãos e pés.

 

O procedimento é feito em clínicas de dermatologia e centros estéticos. A melhora é imediata, mas os efeitos são sentidos por completo a partir do quarto dia após a aplicação. e o efeito dura até um ano.